O que falta ao Benfas?

sexta-feira, 4 de abril de 2008

11ª Reflexão Semanal

Quae vult rex fieri, sanctae sunt congrua legi.
Vão as leis onde querem os reis.

13 comentários:

Bruno Matias disse...

Concordo com esta reflexão semanal. Acho que sempre foi e sempre será assim.
Devo manisfestar a minha opinião sobre uma segunda actividade para "el Galente": acho que seria o ideal apanhador de azeitonas, pelo menos tem tamanho suficiente para isso. Tb sempre poderá optar pela carreira de apanhador de figos, pelos visto é uma carreira com futuro, ao contrário da advocacia.
Cumprimentos

Meghy disse...

CHARNEEEEECA =) tem tudo a ver :P (porque é que ninguém visita o meu blog???? :()

Bruno Matias disse...

Queria felicitar o "barbas", pelos vistos será o próximo treinador do Benfica.Sempre terá mais presença que o Camacho ou o Fernando Santos.
Qual é o blog da Meghy?tou curioso...

Bruno Matias disse...

Caro administrador, já leu o "amor nos tempos de cólera"?Imagino que já o tenha lido, lembro-me que dada a altura devorou livros do Gabriel Garcia Marquez.É um bom livro para eu me dedicar às leituras?
Já que é uma biblioteca ambulante, e eu não tenho vergonha nenhuma na cara, gostaria de saber se mo emprestas!
Cumprimentos

Galante el Pretensioso disse...

Caro dr. Bruno Matias é óbvio que já li o “Amor em Tempos de Cólera” do Gabo. Fique sabendo que, em parte, o livro se baseia na vida dos pais do amigo Gabriel Garcia Marquez.
Na minha opinião é o melhor livro dele, aliás, muito melhor que os “Cem Anos de Solidão”.
Não sei se lho empresto.
(para ser lido com sotaque brasileiro) Estava brincando cara, é claro que lho empresto, na segunda lho trago lá de Soalheira. Tudo jóia pra você.

Galante el Chato como a Potassa disse...

Caro dr. Bruno acaso sabe o que se passa com a dr. Mónica, já há algum tempo que ela não nos agracia com um comentário, espero que esteja tudo bem com a sua pessoa e com os seus bens. Se calhar ganhou finalmente juízo e perdeu a paciência para nos aturar.

Mónica Pereira disse...

Caro amigo Edu!è certo que tenho andado um bocaod desaparecida...não porque não tenha paciência pra vos aturar (ainda me resta alguma..lol) mas porque a vida aqui não anda fácil! Mas pronto, nada que não se resolva. Pelo que estou de volta aos comentários :). Já agora, relativamente a esta reflexão semanal, digo que concordo plenamente..não temos reis mas o sistema é o mesmo. Saudações*****

Mónica Pereira disse...

PS: Ao amigo bruno, com o qual tenho tido alguns problemas de comunicação no telem (não é amigo??lol) agradeço por ter desejado boa sorte lá pras aulas da OA..bem me parece que vou precisar dela porque ter aulas até OUTUBRO é dose...********

Meghy disse...

Bruno... se queres o meu conselho... não sei se para te iniciares nas lides da leitura o "Amor em tempos de cólera" será o melhor... bem... mas sou suspeita para falar... não sou uma grande apreciador de Gabriel Garcia Marquez... e nao... nao é uma heresia =)

El Galante armado em intelectualoide disse...

Cara e mui estimada Meghy tem toda a razão quando diz que o "amor em tempos de cólera" não é o melhor livro para o camarada Bruno se iniciar nas lides da leitura; do Gabo, o melhor livro para esse efeito será talvez “Memória das Minhas Putas Tristes”, que tem uma escrita menos críptica.
Tem todo o direito de não gostar da escrita do Gabriel Garcia Marquez, não comete nenhuma heresia por esse facto; apesar dele ser um dos meus escritores favoritos, precisamente desde que li o “Amor em tempos de cólera”, percebo que haja quem não goste daquele estilo de escrita algo enigmática e a decair para o sureal, que de resto é comum na América do Sul (veja-se o exemplo do Luís Sepúlveda)

Meghy disse...

Recomendo-te Selma Lagerlöf, Eduardo.. não sei se conheces... mas... ultimamente tenho andado assim a modos que encantada... e se me permites ir ainda mais longe... "A saga de gösta berling" ou o "imperador de portugal" para começar... Eu neste momento estou a ler "As benevolentes" de Jonathan Littel... o que temos de concordar que é uma grande empresa!!! =) LOOOL mas no outro dia li algures que era aquele livro que toda a gente tem, quer ler, mas não leu... uma espécie de "miragem" dos livros =) LOL

galante el analfabeto funcional disse...

Cara e mui estimada Meghy muito obrigado pelas recomendações, nunca li nada Selma Lagerlöf, estive quase para comprar “O imperador de Portugal” mas não havia pilim, agora que vem tão bem recomendado vou lê-lo, quando tiver mais tempo. Também ainda não li “As Benevolente”, o que é perfeitamente normal visto que sou quase um iletrado.
Há já algum tempo que tento comprar “As noites Brancas” do Dostoievski mas não o encontro em nenhuma livraria, sei que é um lugar-comum, mas ninguém escreve melhor que ele.

Meghy disse...

O Imperador de Portugal é muito bom... embora a Saga de Gösta me pareça psicologicamente mais denso... se quiseres empresto te. O primeiro está emprestado, mas o segundo tenho-o em casa... :P